Maria Imaginário expõe no MMASC até 10 de julho

20 Maio, 2016

O Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso inaugura a 28 de maio, sábado, pelas 16:00, a exposição “A mind of its own”, de Maria Imaginário, que pode ser vista até 10 de julho no primeiro piso do Claustro Velho.

Maria Imaginário (1985), artista visual e ilustradora, tornou-se conhecida quando, a partir de 2005, começou a pintar gelados e outras guloseimas coloridas em edifícios devolutos de Lisboa. Desde então, desenvolveu um universo visual requintado, profundamente pessoal, de natureza narrativa, assente numa linguagem original, com um toque agridoce, dando vida a uma profusão de personagens e histórias emotivas, acetinadas com uma enganadora camada de aparente candura e eivadas com humor e ironia. Trabalhando numa pluralidade de suportes, tem apresentado o seu trabalho em exposições individuais e coletivas desde 2008.

A sua obra chega agora a Amarante com “A mind of its own”, uma mostra na qual, segundo Miguel Moore, “partindo das suas observações e vivência pessoal, Maria Imaginário apresenta uma reflexão intimista sobre o modo como opera o inefável fluxo de pensamentos que pulula nas nossas mentes, onde razão e sentimentos, ideias e inspiração, ora se completam ora se digladiam, competindo pela nossa atenção – uma exuberância em tudo onírica e mirabolante que, frequentemente, aparenta ter espírito e vida próprios”.

“Ao partilhar connosco o maravilhoso mundo que fervilha na sua mente, que se abre e se replica, que se alimenta e faz germinar, continua Miguel Moore, Maria Imaginário ilustra em “A Mind of its Own” a multiplicidade de estímulos, interiores e exteriores, assim como processos mentais e criativos que dão vida e forma ao seu imaginário pessoal. Apresentando-se como um encenação de contornos fantásticos, a materialização desta consciência surge sob a forma de curtos trechos narrativos habitados por um elenco de pequenas personagens travessas, amáveis e quiméricas que personificam esta torrente contínua de esforço e contemplação, de prazer e ansiedade – das pinturas plenas de intricados e delicados detalhes, às peças escultóricas e instalação central onde a expressão deste mundo de coloridas figuras que vive e brota da sua mente adquire profundidade e substância material e desfila, de forma cândida mas cúmplice, perante os nossos olhos”.

 

De 21 a 24 de janeiro: Entrada gratuita no Museu Amadeo de Souza-Cardoso
20 Janeiro, 2020

Terminada a exposição"Abstração. Arte Partilhada Coleção Millennium bcp", seguem-se os trabalhos de desmontagem das 36 obras patentes e de montagem de parte da co...

Últimos dias para visitar a exposição "Abstração. Arte Partilhada Coleção Millennium bcp"
15 Janeiro, 2020

Quem ainda não teve oportunidade para visitar a exposição "Abstração. Arte Partilhada Coleção Millennium bcp", patente no espaço da exposiç&a...

Aquisição de obra de Eduardo Batarda
5 Dezembro, 2019

Na sequência da atribuição do Grande Prémio Amadeo de Souza-Cardoso a Eduardo Batarda, foi decidido, pelo júri presidido por Raquel Henriques da Silva e pela Direcção...

por thesign

VISITAS / CONTACTOS

Alameda Teixeira de Pascoaes
4600-011 Amarante - Portugal
+351 255 420 282 (Atendimento/Receção)
+351 255 420 272 / 238
mmasc@cm-amarante.pt

| Política de Privacidade

| Termos e Condições

| Condições Gerais de Venda