Amadeo em Congresso nos dias 4 e 5 de novembro

17 Outubro, 2016

A Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), em colaboração com o Museu Nacional de Soares dos Reis, organiza, nos próximos dias 4 e 5 de novembro, o Congresso Internacional Amadeo de Souza-Cardoso, no âmbito do centenário da Exposição de Pintura (Abstracionismo) Porto 2016.

Tratou-se da primeira exposição individual do pintor em Portugal, realizada no Porto, em novembro de 1916, e que, no Congresso, se pretende contextualizar, compreender e analisar. Pretende-se, igualmente, analisar a vida e a obra de uma figura ímpar no panorama artístico português.

Amadeo de Souza Cardoso, sinónimo do modernismo entre nós, é uma personalidade complexa com a consciência e a determinação singulares de um espírito e de um destino de artista a cumprir num percurso de pesquisa disciplinada e perseverante. A perceção de si, das suas raízes (Manhufe, Amarante), do seu tempo-lugar (Paris), e da própria agitação interior, implicaram-no em experiências e em estudos de construção plástica que não se encerram nas linguagens dos movimentos ou dos manifestos do seu tempo.

Cores, formas, composições, em ritmos de elaboração dialogantes com as propostas das vanguardas, conjugam-se com citações constantes das origens: “Nada tem que ver a minha maneira de sentir e compreender com futuristas ou cubistas e se alguma coisa tem é a justificação do contrário. (…) A arte tal como a sinto é um produto emotivo da natureza”. (Correspondência, 1913).

Capacidades raras de autocrítica, associadas ao orgulho das origens, compreensão e perspetivação do sentido do seu trabalho no contexto artístico, fazem de Amadeo — que disse ter mais fases do que a lua (Correspondência, s/d [c. 1910]) e ter um espírito complicado, suscetível de crises (Correspondência, s/d [c. 1910]) — o autor de uma obra vasta, coerentemente interrogadora, caleidoscópica, vital, frequentemente esfíngica (à maneira de Pessoa), síntese de contrários. Português e universal, elitista sem diletantismos e em trabalho constante: “je travaille...” (Correspondência, 1916).

A participação no Congresso é livre, estando, porém sujeita a inscrição até ao próximo dia 30 de outubro.


>PROGRAMA<

Loja do MMASC aberta também às segundas-feiras
10 Dezembro, 2018

Embora o Museu Municipal Amadeo de Souza-Cardoso (MMASC), em Amarante, esteja encerrado às segundas-feiras, a sua loja manter-se-á aberta naqueles dias da semana, a 10 e a 17 de dezembro.

O ...

TAP homenageia Amadeo de Souza-Cardoso e surpreende passageiros a bordo de avião homónimo
15 Novembro, 2018

A TAP assinalou a 14 de novembro o aniversário de nascimento de Amadeo de Souza-Cardoso, com a oferta de um kit, com produtos referentes às suas obras, a todos os Passageiros que viajaram no avi&atild...

Amadeo e o Mundo às Cores de José Jorge Letria
14 Novembro, 2018

No ano em que se assinala os 100 anos do desaparecimento de um dos rostos mais versáteis da pintura portuguesa, Amadeo de Souza-Cardoso, a Filandorra – Teatro do Nordeste estreia, a 14 de novembro (dat...

por thesign

VISITAS / CONTACTOS

Alameda Teixeira de Pascoaes
4600-011 Amarante - Portugal
+351 255 420 282 (Atendimento/Receção)
+351 255 420 272 / 238
mmasc@cm-amarante.pt

| Política de Privacidade

| Termos e Condições